Foto: Gabriel de Oliveira

Depois de passar meses tapando buraco nas vias públicas com cascalho alegando falta de material, a Prefeitura de Itabuna deu inicio a uma operação tapa-buracos com a aplicação de massa asfáltica. O serviço está a cargo das secretarias de Administração e de Desenvolvimento Urbano.

O titular da Sedur, Patrick Monteiro, justificou que a falta de matéria-prima decorreu do fato de o Estado da Bahia não produzir asfalto, o que levou a administração a buscar fornecedor em Minas Gerais. A operação começou pelo centro.

Itabuna, por suas condições climáticas e geomorfológicas, é uma cidade de cara e rotineira manutenção asfáltica, principalmente pela necessidade de o concreto asfáltico ser aplicado usinado a quente.

Além disso, na pavimentação de ruas é exigida a preparação do solo, sub-base e base para manter íntegro por mais tempo o asfalto.

Informações do Jornal A Região

::Publicidade
Compartilhar Post:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *