DATEN comprou a MTM Tecnologia

DATEN comprou a MTM Tecnologia 1

 

A Daten, fabricante brasileira de computadores, comprou uma participação majoritária da MTM Tecnologia, uma das principais empresas de soluções mobile para o mercado nacional.

O negócio foi fechado através do fundo de investimentos Lighthouse, controlado pelos donos da Daten. O valor do aporte não foi revelado.

Gustavo Perez, um PhD em Ciência da Computação pela University of Southern California que fundou a MTM em 2007, segue como CEO da empresa, que terá atuação independente.

“Nossa estratégia é investir nas linhas de produto da MTM dentro dos segmentos nos quais eles já atuam e também em projetos customizados para importantes setores da indústria nacional”, afirma Christian Dunce, sócio-diretor da Daten.

Uma das principais áreas de atuação da MTM é em soluções de mobilidade para o segmento de saúde, no qual a empresa conta com clientes como Albert Einstein, Sírio Libanês e a divisão norte-americana da Carestream, entre outros. A MTM desenvolve também aplicativos de gestão de equipe (licenciado para a Vivo) e desenvolve de soluções sob demanda. Ao todo, software da companhia está rodando hoje em 100 mil dispositivos em 5 mil empresas diferentes.

“O objetivo é expandir a nossa carteira de ofertas consolidando a MTM como principal fornecedor de soluções mobile do país”, afirma Perez.

A MTM parece ser o maior investimento da Lighthouse até o momento.

Em seu site, a empresa lista seis investidas, sendo três delas startups focadas em tecnologia para diferentes aspectos do agronegócio.

A Daten anunciou no ano passado um investimento de R$ 10 milhões em uma nova fábrica no Polo de Informática de Ilhéus, onde mantém a sua produção.

Com a nova unidade, a empresa previa triplicar a sua capacidade de produção dos atuais 120 mil equipamentos por ano para 360 mil, de olho em um reaquecimento do mercado de PCs no Brasil em 2018.

Fundada em 2001, a Daten não abriu seu faturamento nos últimos anos, mas em 2013 ele girava em torno de R$ 100 milhões, cifra que provavelmente diminuiu nos últimos anos com o desaquecimento do mercado de PCs no país.

Informações de Mauricio Renner

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *