Policial Militar de Ilhéus comete suicídio

O soldado da policial militar de Ilhéus, Carlos Geovanne Castro Araújo, cometeu suicídio em sua própria residência, situada na 5ª travessa da Avenida Princesa Isabel. O policial, segundo informações, é filho do cantor ilheense Bebeto.

Até o momento, não se sabe o que motivou o PM tirar a própria vida. O DPT foi acionado para o levantamento cadavérico e, posteriormente, necrópsia. O clima é de muita tristeza na localidade, onde o policial residia.

Ele escreveu uma carta e postou no seu perfil no Facebook minutos antes da tragédia:

“O que encobre as suas transgressões nunca prosperará, mas o que as confessa e deixa, alcançará misericórdia ( Provérbios 28:13)”

“Aos que me amam me perdoem se minha atitude pareça egoísta mas é a única forma que eu tive de encontrar saída para os meus problemas . O que eu tenho a falar é que nunca julguem uma pessoa depressiva e/ou uma pessoa com tendências suicidas, pois apesar de mórbida que for nossas decisões sabemos que a única forma de resolver (infelizmente) é assim .. eu não queria me matar , eu queria viver , mas tudo foi contrário a minha progressão em todas as áreas da minha vida , e aqui fica o meu adeus aqueles que gostaram de mim genuinamente , eu amo vocês , e tenham certeza que qualquer lugar que eu for é melhor que esse inferno que eu vivo .. Adeus”

Informações do FRN

Link permanente para este artigo: https://www.ilheus.net/2017/10/policial-militar-de-ilheus-comete-suicidio.html

Deixe uma resposta

Seu e-mail não será publicado.