Sem categoria

Desmatamento na Mata Atlântica cresce quase 60% em um ano

O desmatamento na Mata Atlântica cresceu 57,7% em um ano, entre 2015 e 2016, quando o bioma perdeu 29.075 hectares, o equivalente a mais de 29 mil campos de futebol. O número foi apresentado nesta segunda-feira pela Fundação SOS Mata Atlântica e pelo Instituto de Pesquisas Espaciais (Inpe).

No período anterior (2014-2015), o desmate no bioma havia sido de 18.433 hectares. Segundo a diretora executiva da SOS Mata Atlântica, Marcia Hirota, há 10 anos a área, que se espalha por 17 estados, não registrava um desmatamento dessas proporções.

— O que mais impressionou foi o enorme aumento no desmatamento no último período. Tivemos um retrocesso muito grande, com índices comparáveis aos de 2005 — disse. No período de 2005 a 2008, a Mata Atlântica perdeu 102.938 hectares de floresta, ou seja, média anual de 34.313 hectares a menos.

Estados

Em 2015-2016, a Bahia foi o estado onde houve mais desmatamento, com 12.288 hectares desmatados, 207% a mais que no período anterior, quando foram destruídos 3.997 hectares de vegetação nativa. Os municípios baianos de Santa Cruz Cabrália e Belmonte lideram a lista dos maiores desmatadores com 3.058 hectares e 2.119 hectares, respectivamente. Se somados aos desmatamentos identificados em outras cidades do Sul da Bahia, como Porto Seguro e Ilhéus, cerca de 30% da destruição do bioma no período ocorreu nesta região.

— Essa região é a mais rica do Brasil em biodiversidade e tem grande potencial para o turismo. Nós estamos destruindo um patrimônio que poderia gerar desenvolvimento, trabalho e renda para o estado — avaliou Marcia. Continue lendo

PORTE INSTITUCIONAL AVANÇA NA GUARDA DE ILHÉUS

Foto: DCS-GCMI

Na tarde desta quarta-feira 24, a Guarda Municipal de Ilhéus, recebeu mediada pelo GCM França (I. G. A), a ilustre visita do Instrutor de Armamento e Tiro, Eugênio Tadeu. A visita faz parte do cronograma de execução da construção do Paiol de armas da Guarda Municipal de Ilhéus, cujo projeto construtivo está sobre a elaboração na Secretaria de Infraestrutura, Transporte e Trânsito.

A proposta foi um dos motes defendidos na campanha do então prefeito Mário Alexandre (PSD), por entender que os agentes já realizam trabalho de prevenção á violência, com rondas e ações repressivas, e por isso devem estar mais guarnecidos.

PORTE FUNCIONAL

Os agentes da Guarda Municipal terão direito ao porte funcional de arma, podendo assim trabalhar armado, com a munição fornecida pela própria instituição, a serem empregadas quando da necessidade de se garantir, de forma mais enérgica, a segurança deles e dos munícipes. Continue lendo

IBGE: inscrições prorrogadas até sexta, 26

IBGE vagas abertas

IBGE vagas abertas

O prazo de inscrições para o concurso público do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), que visa preencher 24.984 vagas do total de 26.023 oportunidades temporárias para a realização do Censo Agropecuário 2017, foi prorrogado até as 12h desta sexta-feira (26/05).

Os cadastros devem ser feitos no site da banca organizadora do processo seletivo, a Fundação Getúlio Vargas (FGV). Os valores das taxas de participação são de R$22 para recenseador e R$39,50 para agentes, que podem ser pagas até dia 9 de junho.

Os candidatos que possuem o nível fundamental de escolaridade estão aptos ao cargo de recenseador (18.845 vagas), com remuneração que varia de acordo com o número de estabelecimentos agropecuários recenseados. A carga de trabalho será de, no mínimo, 25 horas semanais.

Para o nível médio, há oportunidades de agente censitário supervisor (4.867) e agente censitário municipal (1.272), com remunerações iniciais de R$2.058 e R$2.358, respectivamente.

Os valores dos ganhos mensais já estão somados ao auxílio-alimentação de R$458. Além das remunerações, também haverá 13º salário, auxílio-transporte e férias. Os aprovados no cargo de recenseador não terão direito a estes benefícios.

A previsão de duração dos contratos é de sete meses para agente censitário municipal e agente censitário supervisor, e de cinco meses para recenseador. Continue lendo

Renan acha que Temer deixa a presidência até a próxima semana

Contra o impeachment, “que pode agravar ainda mais a crise”, o líder do PMDB no Senado, Renan Calheiros, defende a renúncia de Temer – para “construir uma saída”.

Ele acredita que o presidente não se sustenta até a próxima semana.

Calheiros aponta a eleição indireta do sucessor de Temer – via Congresso Nacional – como o caminho constitucional e mais sensato para o momento vivido pelo Brasil.

“Impeachment, o Brasil não aguenta mais”, afirmou o senador – e com razão.

Lembrando que na próxima semana, o TSE julga a ação que pede a cassação da chapa Dilma-Temer. Outra chance para o Brasil virar a página dessa nona tragédia política. Continue lendo

DISPUTA DE PODERES: SSP critica Kannario e avalia se vai entrar com processo judicial

Do Aratu Online, parceiro do Ilhéus.net

As acusações do cantor e vereador de Salvador, Igor Kannário, feitas a uma policial militar, durante sua apresentação na Micareta de Feira de Santana, não foram esquecidas pela Secretaria de Segurança Pública da Bahia. Em nota, o órgão repudiou a postura do artista e garantiu que a situação está sendo apurada.

A SSP ressaltou o seu entendimento de que “levantar e instigar uma disputa de poderes em um evento público, inclusive desqualificando a centenária e respeitosa Polícia Militar não são condutas esperadas de um artista e membro do legislativo. Ressalta ainda que o fato está sendo avaliado e que, caso se configure desacato, tomará as providências judiciais cabíveis”. Continue lendo

RESPOSTA: PM envolvida em polêmica com Kannário quebra o silêncio; “Fiquei barbarizada”

Do Aratu Online, parceiro do Ilhéus.net

A policial militar envolvida na polêmica com o cantor Igor Kannário durante a micareta de Feira de Santana quebrou o silêncio. Por meio de carta divulgada nas redes sociais, a soldado explicou o que aconteceu na oportunidade.

“Em um certo momento, onde me encontrava em patrulha ao lado do trio do cantor e vereador Igor Kanário ocorreu um tumulto, onde foi necessário intervir em uma rixa”, escreveu a agente, dizendo ainda que “neste momento o Vereador, Igor Kanário, de cima de seu trio fez sinal de negação com a cabeça e repreendeu a minha patrulha, momento que me antecipei a ele informando que estávamos fazendo o nosso trabalho e solicitando respeito. Apesar da minha voz sair inaudível por conta do barulho do trio elétrico, o mesmo então iniciou seu discurso”.

Na ocasião, o cantor fez severas críticas à agente que, segundo ele, agredido um folião. O cantor disse que esse tipo de comportamento só faz “queimar o nome” da PM.

A assessoria da Secretaria da Segurança Pública (SSP) também já se posicionou sobre o caso. A pasta saiu em defesa da agente, mas disse que “está aberta a toda crítica fundamentada às polícias estaduais e que vai apurar os supostos excessos cometidos durante a Micareta de Feira de Santana, evento no qual participaram as corregedorias da PM e da SSP em regime de plantão, para receber qualquer tipo de denúncia abuso policial”.

VEJA, NA ÍNTEGRA, A CARTA DA Pfem: Continue lendo

Governo encontrou 30 mil inscritos para 3 mil unidades do MCMV e várias irregularidades

O coordenador do Programa “Minha Casa, Minha Vida” em Ilhéus, Welder Santos, disse hoje (23) que a auditoria realizada pela Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social, mesmo antes de ser concluída, já identificou diversos casos de beneficiários que estão completamente fora do perfil atendido pelo programa na gestão passada, concluída em dezembro de 2016. “Há diversos apartamentos fechados, sem uso, outros alugados e até sendo vendidos com anúncios em rede social”, afirmou.

Segundo Welder, é comum encontrar até corretor de imóveis circulando pelos projetos habitacionais em busca de oportunidade de negócio. Durante entrevista concedida pela manhã ao radialista Vila Nova, da Conquista FM, o coordenador estimulou a população a denunciar à SDS os casos de irregularidade e disse que a Caixa – agente financiador do programa – já está notificando alguns beneficiários e todos responderão criminalmente pelo ato.

De acordo com Welder Santos, quando a atual gestão assumiu, em janeiro deste ano, encontrou uma lista de 30 mil inscritos e apenas 3.200 imóveis para ser entregues aos contemplados. A SDS suspeita do uso eleitoreiro do programa. Os dois ex-secretários da pasta, Jamil Ocké e Kácio Brandão estão presos desde março, acusado de desvio de recursos pela Operação Citrus. Jamil foi o vereador mais bem votado na última eleição para a Câmara Municipal.

Estudo revelador

Na semana passada, estudantes do 6º semestre do curso de Direito da Faculdade de Ilhéus, apresentaram um trabalho interdisciplinar à equipe da SDS e aos vereadores de Ilhéus com a temática “Direito a Moradia – A Disponibilidade Básica Capaz de Assegurar Condições de Habitação”.

Na oportunidade a equipe de estudantes apresentou um vídeo com registro de denúncias na seleção dos contemplados nos empreendimentos Sol e Mar I e II, no período de 2012 a 2016, exatamente o período da gestão anterior. Chamou a atenção nas imagens a quantidade e carros de luxo estacionados no empreendimento popular, construído para atender pessoas com vulnerabilidade social e econômica.

Há casos identificados de parentes e até esposas de ex-secretário, amigos próximos, vizinhos e utilização de “laranjas” na aquisição do imóvel. Em abril deste ano, a secretária de Desenvolvimento Social de Ilhéus, Soane Galvão, determinou um processo de auditoria da documentação dos pré–selecionados dos Conjuntos Habitacionais do Teotônio Vilela e Rio Cachoeira, situados no Banco da Vitória, já que a lista foi divulgada às pressas pela gestão anterior, em dezembro de 2016. “Convocamos todos os pré–selecionados para trazer a documentação, analisamos todos os processos e cruzamos as informações para garantir os direitos daqueles que realmente precisam”, salienta Welder.

Continue lendo

ILHÉUS: PREFEITURA DESCUMPRE ACORDO COM SINDICATO REFERENTE AO VALE MAIS

A Prefeitura de Ilhéus descumpriu acordo feito para aumentar os valores do vale mais dos servidores municipais. A alegação são dos próprios funcionários públicos, que afirmam que os R$ 200 já está disponível, contudo ninguém recebeu os valores da segunda parte do acordo que seria mais R$160.

O acordo surgiu depois que o SINSEPI (Sindicato dos Funcionários e Servidores Públicos de Ilhéus) após várias reuniões e assembleias, o governo municipal cedeu e concedeu o reajuste de 5% no salário dos servidores e mais 160 reais, que era pra ser acrescido no vale mais nessa segunda (22).

O SINSEPI vai cobrar hoje na SEAD.

 

Jornal O Globo cita Barreiras em reportagem sobre homem de confiança de Temer e a Fiol

A Argeplan, do coronel João Baptista Lima Filho, foi contratada em 2010 pela Valec, empresa vinculada ao Ministério dos Transportes, para supervisão das obras da Ferrovia de Integração Oeste-Leste, entre Ilhéus e Barreiras, na Bahia. O contrato, de R$ 26,5 milhões, teve cinco aditivos, e chegou a R$ 76 milhões. Um relatório do Tribunal de Contas da União (TCU) mostrou que o trecho deveria ter sido concluído em 2012, mas em maio de 2015 ainda não tinha nem um quilômetro de ferrovia pronto.

Uma pessoa identificada apenas como “Lima” apareceu numa investigação de propinas pagas pelas empresas Rodrimar e Libra Terminais, que atuam no Porto de Santos. A Companhia de Docas de São Paulo (Codesp), que administra o porto, sempre foi vista como reduto de Temer. Antes do governo Lula, ele avalizou três presidentes da Codesp: Marcelo Azeredo (1995/98), Paulo do Carmo (1998/99) e Wagner Rossi (1999/00).

Em 2006, a PF abriu inquérito para investigar denúncias da ex-mulher de Azeredo. Na separação, ela argumentou que Azeredo ganhava muito mais do que dizia, porque “o grosso” vinha de propinas. E entregou planilhas com valores que Azeredo teria recebido de “Lima”. Havia também outro beneficiário: MT. Para os investigadores, MT era Michel Temer. A Rodrimar também foi alvo da PF na semana passada. Continue lendo

Moura Modas
Moura Modas
Web Link
Weblink Hospedagem de Sites
Técnico em informática
Técnico em informática