Saúde

ILHÉUS: AGENTES DE ENDEMIAS DESTROEM FOCO DE MOSQUITO NO ANTIGO HOSPITAL E MATERNIDADE SANTA ISABEL

A Coordenação de Endemias, por meio da equipe de Ponto Estratégico (PE), realizou durante (02) dois dias (18/01 e 19/01) um trabalho de visita e monitoramento, no antigo Hospital e Maternidade Santa Isabel, situado no bairro da Cidade Nova. O local se encontra abandonado há mais de 10 anos, fato este que transformou a área em um ponto estratégico da cidade e o prédio deteriorado é uma ameaça perigosa para a vizinhança.

Para a realização de tal atividade foi necessário a utilização da escada, haja vista que o responsável pelo local foi tentar abrir, e se deparou com uma situação controversa, o cadeado do local foi trocado por terceiros. Talvez por usuários de drogas que frequentam o ambiente.

Nesta ação, foram tratados os depósitos inspecionados e eliminados depósitos inservíveis com potencial de foco para o mosquito Aedes aegypti vetor da Febre Amarela, Dengue, Zika e Febre Chikungunya. Foram recolhidas amostras para serem analisadas no laboratório, situado no Centro de Controle de Zoonoses (CCZ), como preconiza o Ministério da Saúde (Portaria GM/MS nº 1.025/2015).

Segundo o Coordenador de Endemias, Roberto Reis, “a população precisa nos ajudar no combate à Dengue, Zika e Febre Chikungunya, viabilizando a entrada dos agentes de combate às endemias (ACE), para evitar um surto dessas arboviroses em nosso município, pois no verão é um período onde surgem muitos casos. Porém, os ACE’s, estão intensificando as ações nos bairros onde o índice de infestação está alto, com base no levantamento do último Levantamento Rápido do Índice de Infestação por Aedes aegypti (LIRAa)”.

Vejam imagens da atividade: Continue lendo

Surto de malária em cidade baiana registra primeira morte

Um homem de 33 anos morreu de malária nesta terça-feira (16), no município de Wenceslau Guimarães, no Sul do estado. A informação foi confirmada pela Secretaria da Saúde do Estado (Sesab).

No total, oito casos da doença foram confirmados em janeiro, todos na zona rural do município que fica a 310 km de Salvador. A Sesab confirmou o surto de malária – ou seja, houve aumento rápido, e acima do esperado, dos casos da doença na região.

Em comunicado, a prefeitura de Wenceslau Guimarães pediu aos moradores das localidades de Chico Lopes, São Marcos I e regiões próximas ao Cocão que apresentaram febre nos últimos 15 dias para procurarem o hospital municipal, a fim de que exames sejam realizados para verificar se contraíram a doença.

Ainda não é possível saber se os pacientes foram contaminados na cidade ou a doença foi adquirida durante uma viagem.

Segundo a Sesab, o último registro de malária autóctone, ou seja, manifestada no local de origem da doença, na Bahia, foi em 2010, quando dois casos foram registrados em Porto Seguro, também na região Sul.

De acordo com dados da secretaria, entre 2007 e 2016, foram confirmados 185 registros de malária – média de 18,5 casos por ano – em toda a Bahia.

Nesse período, os municípios que tiveram mais casos de malária registrados foram Salvador (28,6%), Porto Seguro (2,7%) e Ilhéus (0,5%). Dentre os casos confirmados, dois óbitos foram registrados, um em 2014 e outro em 2016.

Em 2017, nove casos de malária foram notificados no estado, sendo oito em Salvador – todos adquiridos em outras localidades, dentre elas o estado do Amazonas e países como Filipinas, Congo, Costa do Marfim e Angola. Continue lendo

ILHÉUS: SAÚDE divulga postos de vacinação contra a febre amarela

Com o objetivo de ampliar as ações preventivas contra a febre amarela no município, a secretaria de Saúde de Ilhéus (Sesau) divulgou os locais onde se encontram disponível as vacinas. No período da manhã, nas unidades de saúde Almiro Vinhaes, localizada na Avenida Princesa Isabel, no posto Centro Social Urbano (CSU), no Bairro da Barra, e no povoado de Vila Cachoeira, localizado à margem da Rodovia Ilhéus-Itabuna, já dispõem de salas de vacina.

 Já no período da tarde, nos postos do Centro de Atendimento Especializado (CAE III), no prédio da antiga sede da Fundação Sesp, na Avenida Canavieiras, no centro da cidade; e na unidade do Programa Saúde da Família (PSF) situada no bairro da Conquista. No período da noite, as vacinas estão disponíveis nas unidades do PSF dos bairros Ilhéus II e Hernani Sá (Urbis).

 “Não há registro de filas nem de movimento anormal nos postos de saúde. Uma só dose é necessária para imunização”, diz a coordenadora de Imunização da Sesau, Walkíria Cardeal.  Ela disse que o objetivo da ação é reforçar a prevenção contra os riscos da febre amarela. E reforçou: “Quem nunca recebeu a vacina, a exemplo de pessoas acima de 60 anos de idade e que desejam viajar para áreas de recomendação também devem procurar seu médico para avaliação”, explicou. Continue lendo

ILHÉUS: Serviço do SAMU 192 já foi restabelecido

A Coordenação do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) da Secretaria de Saúde (SESAU) do Município de Ilhéus comunica que, o serviço de atendimento pelo número 192 do SAMU já está em funcionamento.

Durante a manhã por motivos técnicos alegados pela prestadora de serviços telefônicos OI, o atendimento foi paralisado. Continue lendo

ILHÉUS: Secretaria de Saúde convoca profissionais aprovados em seleção

A secretaria de Saúde do Município de Ilhéus está convocando os profissionais classificados no processo seletivo simplificado, conforme o Edital nº 003/2017, a se apresentarem, no período de 10 dias, a partir de ontem, 15 de janeiro, para o exercício da função temporária de atuação, munidos dos documentos contidos no Edital de Convocação nº 002/2017.

Dentre os profissionais convocados para os trabalho na Rede de Saúde do Município, estão médicos para o Centro de Atenção Psicossocial (CAPs), médico socorrista, médico clínico, técnico de enfermagem para motolância, vaqueiro e auxiliar de veterinário. Continue lendo

Após anos, SAMU de Ilhéus conta com 04 ambulâncias funcionando

O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência – SAMU 192 de  Ilhéus ampliou  a quantidade de atendimentos no início de 2018. No mesmo período, o volume de chamadas para o número 192 cresceu 30%. O serviço para a população ilheense ganhou em agilidade com a utilização  de 04 veículos e também motolâncias.

O serviço do SAMU funciona 24 horas por dia com equipes multiprofissionais de saúde, formada por médicos, enfermeiros, auxiliares de enfermagem e socorristas, que prestam o socorro em qualquer lugar, seja ele privado (residências, locais de trabalho etc.) ou público (vias públicas), após chamada gratuita, feita através do 192. A cobertura do SAMU 192 abrange todo município.

Quando o SAMU recebe a ligação, um médico regulador faz o diagnóstico da situação e inicia o atendimento no mesmo instante, orientando o paciente ou a pessoa que fez a chamada sobre as primeiras ações que podem ser tomadas, como a prestação dos primeiros socorros ou a imobilização das vítimas, dependendo da gravidade do caso. Em casos graves, o paciente é transferido em uma ambulância tipo UTI.

O serviço realiza atendimentos de naturezas diversas, como a vítimas de acidentes de trânsito, de ferimentos por arma de fogo e armas brancas, quedas, choque elétrico, afogamento e intoxicação. Atende, ainda, pacientes vítimas de infarto agudo do miocárdio, de AVC (Acidente Vascular Cerebral) e crises convulsivas e realiza atendimento pré-hospitalar de pacientes com insuficiência cardíaca e crise diabética. Também é acionado para a realização de atendimento de casos gineco-obstétricos, como trabalho de parto e aborto; atua no atendimento médico de urgências psiquiátricas; efetua transferências hospitalares de pacientes graves que necessitam de remoção em UTI móvel entre os municípios, conforme preconiza o Ministério da Saúde. Continue lendo

Bahia é um dos primeiros estados brasileiros a receber tinta anti-insetos e anti-ácaros

Início do ano, época de férias, é um período propício para quem precisa reformar ou fazer reparos e pinturas em casa. Com a chegada do verão, nada melhor do que usar um produto que, além de melhorar a aparência do ambiente, ainda ajuda a evitar os insetos causadores de doenças e contaminações.

Chega ao mercado a tinta que elimina insetos vetores de doenças como Dengue, Chikungunya e a Zika. A única aprovada pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA) e por órgãos de vigilância da Comunidade Europeia, a Artilin 3A MATE elimina moscas, aranhas, mosquitos, ácaros e baratas. A tinta também torna as paredes resistentes à proliferação de mofo.

Trata-se de um produto diferenciado. O principio ativo é um inseticida, inerte e estável, que se concentra na superfície da tinta. Os microcristais do inseticida são liberados paulatinamente quando tocados pelos insetos e percorrem suas patas, até degenerar seu sistema nervoso, provocando a morte.

A tinta é ideal para ser aplicada em residências, hotéis, hospitais, clubes, escolas, condomínios com áreas verdes e até mesmo no setor agro. E, por não emanar o inseticida no ar, pode ser usada onde haja pessoas com alergias, asma e outras doenças respiratórias com segurança.

O produto deve ser aplicado por profissionais credenciados, pois segue protocolos internacionais de segurança. No estado da Bahia, é comercializado pela empresa credenciada LarClean Salvador, ver contato abaixo. É vendida na forma de combo, que compreende um galão de 10 litros da tinta e mais a mão de obra especializada para aplicar o produto no ambiente escolhido pelo cliente e recolher os resíduos e embalagens para destinação adequada.

Cada galão de 10 litros rende até 140m2 de aplicação em paredes e tetos. A tinta é aplicada como última demão, em paredes prontas. O preço sugerido para combo é de R$ 3.999,00. Com garantia de 2 anos, o produto deixa os ambientes livres de qualquer tipo de inseto por todo esse período. Continue lendo

HRCC vai ter novo sistema de triagem

O Hospital Regional Costa do Cacau é uma das unidades da rede pública do Estado incluída pela Secretaria da Saúde para a implantação do sistema de automação do processo de triagem dos seus usuários. O secretário Fábio Vilas-Boas, em reunião com os gestores das unidades selecionadas, apresentou o sistema desenvolvido em conformidade com as normas do Ministério da Saúde, que faz a classificação dos atendimentos a partir do grau de risco clínico dos usuários.

“O novo sistema vai tornar ainda mais eficiente o processo de triagem, reduzindo substancialmente o tempo dos procedimentos iniciais dos usuários nas unidades de saúde. Vai também estabelecer com mais rigor a ordem de atendimento, em função do potencial de gravidade dos sintomas apresentados”, avalia o diretor-geral do HRCC, Hernani Vaz Kruger, que participou da reunião realizada em Salvador, na sede da Sesab.

O Acolhimento com Classificação de Risco (ACCR) é uma ferramenta tecnológica (software) desenvolvida para identificar a gravidade do estado clínico do usuário através das normas estabelecidas pelo Ministério da Saúde: urgente (atendimento rápido, o paciente pode aguardar), muito urgente (atendimento o mais rápido possível), emergência (atendimento imediato), que são os casos próprios para atendimento no HRCC, além de casos não urgentes e pouco urgentes, que são direcionados para unidades da rede básica (postos de saúde).

Na reunião foi também definido que nove profissionais de enfermagem do HRCC vão ser treinados pela Sesab, para utilização da plataforma digital, que possibilitará a implantação da automação do processo de triagem, auxiliando nos serviços de urgência e emergência da unidade. Continue lendo

ILHÉUS: NOVO HOSPITAL REDUZ FILA PARA CIRURGIA

Mais de 200 cirurgias realizadas em menos de 20 dias e outras 250 programadas para até o próximo dia 15. Desde que foi inaugurado em 15 de dezembro, o Hospital Regional Costa do Cacau (HRCC), em Ilhéus, está reduzindo a espera na fila para procedimentos cirúrgicos dos usuários do SUS na região sul do Estado, além de atender às cirurgias de emergência, que chegam diariamente à unidade de saúde.

Construído pelo Governo do Estado, com um investimento de R$ 114 milhões, o hospital atende a 67 municípios da região sul. As cirurgias programadas através do Mutirão da Secretaria da Saúde do Estado (Sesab) beneficiaram os usuários do SUS de Ilhéus, Arataca, Aurelino Leal, Camacan, Canavieiras, Ibicaraí, Ibirapitanga, Ipiaú, Itacaré, Itapitanga, Mascote, Santa Luzia, Una e Uruçuca.

O diretor técnico, Cláudio Moura Costa, explica que a unidade de saúde realizará mais de 400 procedimentos cirúrgicos, agendados através do Mutirão, até a 1ª quinzena de janeiro. “O hospital está dando vazão a toda essa demanda. Além disso, nós estamos fazendo o retorno de ambulatório dos pacientes que foram operados na primeira fase. E caso haja necessidade, será marcada posterior visita. Tudo está funcionando a contento, dentro do previsto”, destacou.

De acordo com a Sesab, a unidade é referência para 67 municípios, que abrigam uma população de 1,6 milhão de habitantes. A secretaria da Saúde esclarece ainda que, o HRCC é uma unidade de alta complexidade, ou seja, atende casos laranjas (muito urgentes) e vermelhos (emergência). Como diferenciais, o hospital oferta serviços de cirurgia cardíaca, cateterismo, neurocirurgia, bem como ortopedia de alta complexidade. Continue lendo

NOTA DE ESCLARECIMENTO DO HOSPITAL REGIONAL COSTA DO CACAU

O HOSPITAL REGIONAL COSTA DO CACAU (HRCC) está habilitado para atender casos de média e alta complexidade, encaminhados por postos de saúde, UPAs, outros hospitais ou ambulância.

A notícia veiculada no último dia 30, através de uma página na rede social (Facebook), não atenta para a classificação estabelecida pelo SUS. O atendimento pelo SUS possui três níveis de atenção: a atenção básica (unidades básicas de saúde, como é o caso dos postos de saúde), a atenção intermediária (Samu, UPAs) e o atendimento de média e alta complexidade realizado pelos hospitais.

A paciente que dirigiu-se ao HRCC foi orientada a procurar um Pronto Atendimento, uma vez que os sintomas por ela apresentados são tratados em unidades intermediárias de saúde.

Assim sendo, lamentamos e registramos nossa discordância com as notícias que circulam através das redes sociais. É preciso ressaltar que NÃO houve, em hipótese alguma, desrespeito ao fluxo de atendimento. Reiteramos que tais informações não atendem às normas e aos procedimentos estabelecidos pelos órgãos de saúde competentes. Continue lendo

Teste sua internet
Técnico em informática
Técnico em informática
Publicidade
Ultra Li

Agência Digital com experiência 100% focada no online, atuando com o desenvolvimento de sites e soluções completas para a internet.

Solicite seu orçamento Aqui

 

Plubi