Ilhéus

Léo Kret se envolve em polêmica após defender Vereador homofóbico

Foto: Varela Notícias

A artista Léo Kret se envolveu em mais uma polêmica, agora ao defender o vereador Aldemir (PP) que fez um discurso polêmico na sessão da Câmara de Ilhéus (BA), que revoltou a comunidade LGBT da cidade. Aldemir afirmou que se sente muito incomodado com “essa coisa LGBT” e narrou um episódio que vivenciou em uma praia na cidade Itacaré. Segundo o edil, teve o desprazer de presenciar “um casal gay se beijando acintosamente na barraca” enquanto desfrutava o seu dia de lazer em um ambiente com “todo mundo normal, casais heterossexuais”. Para o Vereador, o suposto episódio é “uma afronta, uma barbaridade”. (Relembre aqui)

A comunidade LGBT da cidade se sentiu ofendida com a fala do Vereador e vão promover um “beijaço” na próxima quarta-feira, dia 25 de Outubro. A população Ilheense junto com os movimentos sociais vai promover um Ato pelo fim da Homofobia! A iniciativa é uma resposta as declarações do vereador Aldemir (PP), que durante sessão da câmara, no dia 17 de outubro, proferiu discurso de ódio à população LGBT e afirmou ser contrário ao beijo público entre pessoas do mesmo sexo! (Clique aqui e veja a página do evento)

Por sua vez, Léo Kret que estará na cidade dia 29/10 para a 3ª Marcha da Diversidade organizada por Ratinho Menezes, resolveu defender por incrível que não pareça o Vereador e Médico, convidando o Vereador Aldemir para participar da Marcha e dizendo que ele não é contra a causa LGBT, haja vista que sempre ajudou o movimento, segundo ainda Léo Kret é uma questão de opinião. Todavia, contrariando a fala de Léo Kret, o Vereador deixou bem claro que os gays não deve ter o mesmo direito de demonstrar afetividade que o hétero, ou seja, um novo Apartheid Social. Ainda na fala do Vereador, os homossexuais não têm o direito de expressar ou ser quem são. 

Para o Fórum Baiano LGBT, o discurso desperta o ódio e a intolerância. “Nobre vereador, não se pode usar a prerrogativa da liberdade de expressão e livre opinião para inflamar o ódio, a intolerância, a incompreensão e a violência sobre aqueles que historicamente e diuturnamente já sofrem o peso do preconceito e da discriminação”. Continue lendo

Seplandes passa a não recomendar plantio de árvores exóticas em Ilhéus

A Superintendência de Meio Ambiente, órgão da Secretaria Municipal de Planejamento e Desenvolvimento Sustentável (Seplandes), está estudando uma forma de proibir o plantio de árvores exóticas em Ilhéus. Não entanto, antes mesmo de ter aprovada uma lei com este objetivo, o órgão já passou a não recomendar o plantio destas espécies nas ruas e em áreas particulares. A justificativa é de que elas são extremamente nocivas, encarecem substancialmente o custo de manutenção com a limpeza da cidade, causam desequilíbrio ao ecossistema urbano, destroem passeios e tubulações e atraem diversas espécies de parasitas.

A superintendência já trabalha na elaboração de uma lista, contendo a sugestão de espécies nativas que apresentem características de folhas perenes, que não caiam a todo tempo. Por enquanto, antes de plantar qualquer espécie, o cidadão deve procurar orientação do órgão, que fica localizado na Praça Antônio Viana, bairro Cidade Nova, no centro, próximo ao Fórum Epaminondas Berbert de Castro. A secretaria também vai proibir o plantio e a comercialização de mudas dessas espécies exóticas. “Vamos vistoriar os viveiros e aconselhar os viveiristas”, disse o superintendente de Meio Ambiente.

Dentre as espécies não recomendadas pela Seplandes está a tradicional amendoeira, com grande incidência nas ruas e praças de Ilhéus, e a Ficus Benjamina. “São espécies com raízes radiculares que, comumente quebram passeios e rompem tubulações de água e esgoto”, explica o superintendente Emílio Gusmão. A Ficus Benjamina também atrai um tipo de parasita de corpo estreito, os tisanópteros (Thysanoptera) uma ordem de insetos chamados genericamente de tripes ou tripses. Eles provocam o enrolamento das folhas, condição que que provoca irritação nos olhos das pessoas. “É um problema de saúde pública, uma árvore susceptível à doenças”, informa Emílio. Continue lendo

CVC retoma voo para Ilhéus e Itacaré (BA) em 16 de dezembro

Rodrigo Galvão, Ricardo Kaiser, da CVC, com Júlio Oliveira, de Itacaré, e Cristiano Placeres, da CVC

Após cinco anos, a CVC retoma a sua operação com voos fretados e exclusivos durante a alta temporada de verão para Ilhéus e Itacaré (BA), a partir de 16 de dezembro até 20 de janeiro de 20018. Com saídas todos os sábados de São Paulo, do Aeroporto de Congonhas, o voo em parceria com a Gol facilitará o acesso e desembarque de turistas da CVC na Bahia, que é hoje um dos principais destaques da operadora. O estado lidera as vendas com mais de 2 mil clientes abarcados diariamente.

Segundo Cristiano Placeres, diretor de Produtos para o Nordeste da CVC, a ideia é aumentar o fluxo de turistas nos destinos. Apesar da retomada, o executivo lembra que a CVC nunca deixou de comercializar os destinos. “Tivemos uma grande oportunidade de voltar a operar um voo fretado, mas nos últimos anos tivemos um grande volume de block chater nos voos regulares para Bahia e nunca deixamos de atender a demanda dos destinos”, reforçou, dizendo ainda que a ideia é após a alta temporada manter esse voo no portfólio da operadora ao longo de todo o ano.

O voo direto tem duração de 2 horas a partir de São Paulo, com saídas aos sábados em uma aeronave A380 com capacidade para 144 passageiros. Durante o período serão seis frequências com uma oferta de quase 900 assentos. Os roteiros da CVC já estão disponíveis em toda a rede de agentes parceiros e lojas exclusivas com preços partir de R$ 1.598 por pessoa, com aéreo, sete noites de hospedagem em Ilhéus, Itacaré ou Una com café da manhã e traslados.

Além dos fretados saindo de São Paulo, a CVC também oferece block charter a partir de cidades como Belo Horizonte, Brasília, e em breve será anunciado Rio de Janeiro. Ao todo, no período de dezembro a janeiro a operadora terá uma oferta de 60 mil lugares, em 26 destinos e mais de um milhão de quartos. Continue lendo

NOTA OFICIAL: PT ILHÉUS REPUDIA FALA HOMOFÓBICA DO VEREADOR ALDEMIR ALMEIDA (PP)

O Partido dos Trabalhadores em Ilhéus vem a público manifestar repúdio e indignação diante da fala homofóbica do Vereador Aldemir Almeida-PP, na sessão na Câmara de Vereadores na última terça-feira (17). Em sua fala de ódio e preconceituosa, o Vereador se referiu ao movimento LGBT como quem pratica “Viadagem sem limites”, para repudiar o beijo de um casal homossexual na praia. O PT entende que as liberdades individuais devem ser respeitadas e os discursos de ódio, intolerância e fascismo, devem ser implacavelmente combatidos. Continuaremos na luta defendendo a igualdade e a convivência harmoniosa entre as pessoas.

O mais lamentável, porém, é que tais palavras tenham sido pronunciadas no plenário de uma casa legislativa que, teoricamente, seria o lugar onde deveria imperar a democracia, o respeito e a promoção da igualdade de classe e de gênero. Continue lendo

EMBASA CASTIGA MORADORES DO VILELA

Há uma semana a Embasa castiga boa parte dos moradores do bairro Teotônio Vilela, um dos maiores de Ilhéus. O fornecimento de água está irregular há sete dias.

Só tem água nas torneiras nas primeiras horas do dia. Moradores entraram em contato com o Blog Ilhéus em Resumo pra denunciar que precisam acordar 4h da manhã pra conseguir encher baldes, já que no restante do dia a torneira fica seca.

O problema é localizado, o que gera ainda mais revolta nos moradores do Vilela, já que em outros bairros o fornecimento está normal. Continue lendo

Vereador Aldemir espalha discurso de ódio ao publico LGBT na Câmara de Ilhéus.

Foto Andrei Sansil

Na sessão ordinária da última terça-feira (17), o Vereador Aldemir surpreendeu os presentes com um discurso enfático sobre situações do cotidiano que envolve casais homoafetivos.

Ademir iniciou afirmando que se sente muito incomodado com “essa coisa LGBT” e narrou um episódio que vivenciou em uma praia na cidade Itacaré. Segundo o edil, teve o desprazer de presenciar “um casal gay se beijando acintosamente na barraca” enquanto desfrutava o seu dia de lazer em um ambiente com “todo mundo normal, casais heterossexuais”. Para o Vereador, o suposto episódio é “uma afronta, uma barbaridade”.

Acrescentou: “existem verdadeiros desorientados nesses grupos LGBT’s, então eu acho que tudo é uma questão de hora e lugar. Você quer passar uma novela onde um homem beija outro homem, passe 1 hora da manhã. Se você quer passar uma novela que tem duas mulheres se beijando, passe 1 hora da manhã […]”. Pois, “um tipo de programa desse só faz atentar contra a família”. Continue lendo

ILHÉUS: SDS realiza mutirão para recadastramento dos idosos que recebem Beneficio

Nos dias 30,31 de outubro e 01 de novembro, das 7h às 12 horas, a Prefeitura de Ilhéus, através da secretaria de Desenvolvimento Social, realizará um mutirão visando o recadastramento dos idosos cadastrados no Benefício de Prestação Continuada (BPC). A ação acontece na sede do órgão, na rua Vereador Mário Alfredo, S/N, bairro Conquista, e visa inscrever os beneficiários no Cadastro Único (CadÚnico) do Governo Federal para que o benefício seja mantido.

“Desde o início do ano o governo vem convocando os beneficiários para comparecerem à secretaria e fazer seu cadastro. Por isso eles precisam ficar atentos ao prazo que está terminando. Esse é o segundo mutirão que está sendo realizado para que os beneficiários continuem recebendo os recursos”, ressalta a secretária de Desenvolvimento Social, Soane Galvão.

O Cadastro Único é obrigatório para pessoas que recebem o BPC. A obrigação do cadastro é devido a uma portaria publicada pelo Ministério do Desenvolvimento Social e pelo Instituto Nacional de Seguridade Social (INSS), que determina que idosos acima de 65 anos e pessoas com deficiência que recebem o BPC e que ainda não estão inscritos no CadÚnico, passem pelo cadastramento.

A secretária destaca ainda que os idosos não precisam esperar o mutirão para realizar o cadastro, já que o setor funciona de segunda a sexta, das 07h às 13horas, sala 01, na sede do órgão. Mais de 60% dos idosos que recebem o BPC ainda não realizaram a inscrição no Cadúnico. “Nesse momento precisamos fazer os cadastros dos idosos, pois o prazo termina no dia 31 de dezembro, se eles não fizerem vão perder o benefício. Lembrando que o BPC é o benefício que a pessoa não recebe o 13º salário”, salienta a coordenadora do setor, Alba Magnólia. Continue lendo

Caravana da JPT-BA chega em Ilhéus

Depois de passar pelo Litoral Norte, a Caravana da Juventude do Partido dos Trabalhadores da Bahia (JPT-BA) chega ao Sul do estado. O encontro territorial, que acontece neste sábado (21), em Ilhéus, terá como tema ‘Juventude na Luta Contra os Extermínios’.

A programação terá início às 8h30, na Tenda Teatro Popular de Ilhéus, que fica na Avenida Soares Lopes, no Centro da cidade.

“Realizar essa etapa da Caravana da JPT-BA é dar mais um passo na luta contra as posições conservadoras que muitas vezes culminam no extermínio das juventudes. Seguiremos firmes na luta cotidiana pela democracia e por uma vida digna para a juventude”, afirmou o secretário estadual da JPT, Matheus Maciel.

Para a presidenta do PT de Ilhéus, Ariadene Pitanga, a juventude não pode deixar de participar desses debates, nem deixar de se manifestar contra qualquer tipo de violência.

“Assim, poderemos participar ativamente e com qualidade dos debates atuais e dos que surgirão em 2018, quando precisamos estar preparados para defender a democracia, o nosso candidato Luís Inácio Lula da Silva e os candidatos do Partido dos Trabalhadores. O PT em Ilhéus convida e saúda a todos os jovens”.

Já a secretária municipal da JPT-BA em Ilhéus, Indiara Angeli, criticou a perda de direitos após o golpe.

“Nós, da juventude petista, não nos renderemos, nem nos calaremos. Vamos gritar contra toda forma de extermínio com a Caravana da JPT em um importante espaço de diálogo, formação e cultura”, pontuou. Continue lendo

Segunda (23) vai ser feriado em Ilhéus e Itabuna

O feriado municipal do Dia do Comerciário, celebrado em 30 de outubro, foi antecipado para a próxima segunda-feira, 23, em Itabuna e Ilhéus. A medida atende a uma solicitação conjunta dos sindicatos dos Comerciários e do Comércio, além da CDL e Associação Comercial.

Um acordo foi firmado entre as entidades para que não haja prejuízos com mais dias parados em consequência do Dia de Finados, em 2 de novembro, que é nacional. Por isso, fecham na segunda-feira o comércio e o setor de serviços, incluindo atacadões e hipermercados.

A presidente do Tribunal Regional do Trabalho da 5ª Região, Maria Adna Aguiar, determinou que no feriado municipal destinado ao comerciário estarão suspensos o expediente e os prazos nos processos físicos e eletrônicos no Fórum Trabalhista. Continue lendo

Cruzeiros vão atrair 220 mil turistas e movimentarão R$ 70 mi na Bahia

O turismo baiano ganhará um motivo para respirar aliviado, durante a alta temporada dos cruzeiros marítimos. Entre novembro deste ano e abril de 2018, 151 mil turistas irão atracar no Porto de Salvador a bordo de 51 transatlânticos.

A temporada de alta dos passeios durante os seis meses promete movimentar R$ 70 milhões. Ilhéus também terá a atividade turística aquecida durante a temporada, recepcionando 21 navios com 72 mil turistas, ao todo.

Esses 220 mil turistas representam um aumento de 8% no movimento do mesmo período da temporada anterior, de acordo com a Companhia das Docas da Bahia (Codeba). Ao todo, serão 72 transatlânticos que irão atracar nas zonas portuárias das duas cidades.

A Secretaria Municipal de Cultura e Turismo (Secult) estima que cerca de 85% dos passageiros que chegam nos navios, descem e vão às compras. “Isso representa um volume em torno de 128 mil pessoas consumindo na cidade nos ramos de alimentação, vestuário, passeios turísticos, aquisição de artesanato, dentre outros”, explicou o secretário Cláudio Tinoco.

Ele ainda cita uma pesquisa realizada pela Associação Brasileira de Cruzeiros Marítimos, e acompanhada pela Secult, que estimou que os turistas terão gasto médio de R$ 485 nesta temporada, o que significa a movimentação de R$ 62,5 milhões entre 15 de novembro – quando é marcado o início da temporada de cruzeiros – e 10 de abril.

Além do turismo, Tinoco destaca a arrecadação com a taxa pelo uso do Terminal Marítimo, que é de R$ 60 por pessoa. “Isso significa uma receita de R$ 7,7 milhões”, calcula.

Há também os baianos que embarcam nos cruzeiros e que também consomem e movimentam o turismo soteropolitano. “Não há um controle específico, mas nós ainda verificamos esse meio de movimentação financeira”, disse Tinoco.

“Com tudo isso, nós podemos afirmar que haverá uma movimentação acima de R$ 70 milhões nessa temporada. Nós comemoramos o aumento dessa temporada. Nós tivemos uma queda nos últimos anos e a temporada 17/18 já traz uma recuperação”, complementa. Continue lendo

Web Link
Weblink Hospedagem de Sites
Técnico em informática
Técnico em informática