Gays

ILHÉUS.NET entrevista Aysha Pink apresentadora da Parada LGBT de Ilhéus

ILHÉUS.NET: Quem é Aysha pink?

AYSHA PINK: O artista Allan Cardoso Moreira, natural de NANUQUE Minas Gerais e criado em Medeiros Neto – BA, criou sua personagem em 2005 no Rio de Janeiro na cidade de Santa Cruz em um carnaval. A partir daí veio trazendo irreverência e com “média” em todas as festas LGBTs e que tem feito ao longo de sua carreira. Em 2012 foi convidado para trabalhar em uma cabana de praia chamada toa toa, porém há quatro anos tem se destacado na melhor cabana de Porto Seguro chamado complexo de lazer AXE MOI. Tendo seus shows de humor que começa às 13h00 e sua aula de funk comedy que começa a partir das 15h00 todos os dias seja na baixa ou na alta temporada, sendo que o complexo de lazer AXE MOI tem uma programação repleta de coisas maravilhosas pra quem quer passar um dia se divertindo e se alegrando em suas dependências. AYSHA PINK que há sete anos participa de todas as paradas gays Ilhéus, desabafa sobre toda a polêmica que está acontecendo em Ilhéus esse ano. Fizemos algumas perguntas sobre os ocorridos e sobre as expectativas pela parada LGBT.

ILHÉUS.NET.: De todas as paradas que você já participou, o que está achando dessa?

AYSHA PINK.: Particularmente, acho que está sendo um pouco diferente das outras, já participei de outras edições e posso dizer que essa está prometendo ser uma parada gay que ficará marcado na história de Ilhéus, colocaremos fantasias maravilhosas, maquiagens lindíssimas e vamos trazer para avenida uma conquista, uma luta que não é só nossa, mas de todos que respeitam e amam um LGBT.

ILHÉUS.NET.: O que acha da organização e da produção do evento?

AYSHA PINK.: eu não tenho que reclamar, pois sempre fui tratado com muita cordialidade e com muito respeito por todos da produção, logo no início quando eu vinha pro grupo Eros, na qual fiz duas paradas gays, também fui muito bem tratado, porém tive alguns contratempos com os organizadores do grupo Eros, na qual tive que ficar cobrando durante alguns meses após o evento a questão do cachê, o que me resultou a minha exclusão do grupo EROS, e no ano seguinte eu não fui chamado mais para participar do evento. Não por um erro meu e sim por um erro dos organizadores na época, fui excluído sem ter feito nada, apenas cobrei o cachê de um evento que fiz com muito agrado e profissionalismo, pois a sociedade de Ilhéus, sempre me acolheu bem e me tratou com respeito. Após esse pequeno problema, o grupo SAPHOS me acolheu e me trouxe de volta ao trio elétrico e a esse evento maravilhoso que estou até hoje, porém com o grupo LESBOS, no comando de Diala Magalhães e Léo Novais. Continue lendo

Diala Magalhães assume segmento LGBT do PSB-Ilhéus

Foto: Franklin Deluzio

Ativistas sociais, Secretária de Saúde (Elizângela Oliveira), Secretário Estadual do PSB Jovem da Bahia (Mauricio Galvão), Presidente do PSB Jovem de Ilhéus (Maxuel Lima) Secretário Estadual do Segmento LGBT Estadual (Franklin Silva), Representante da Deputada Estadual Fabiola Mansur (PSB) – (Ane Sales), Representante do Deputado Federal Bebeto Galvão (PSB), bem como o Presidente Municipal do PSB- Ilhéus (Diogo Messias)) e a Conselheira Adriana Nacif estiveram reunidos na manhã deste sábado (09) no Auditório do Sindicato dos Estivadores na Av. 02 de Julho para presenciar a posse da Servidora Pública, Conselheira de Saúde e Ativista Social Diala Magalhães, bem como Léo Novais que estará assumindo a comunicação e Júnior assumirá as relações humanas todos agora Representante do segmento LGBT do PSB-Ilhéus. 

A vinda do segmento LGBT para o partido, servirá para conscientizar os nossos filiados ampliando essa conscientização para toda sociedade, e devemos olhar o segmento LGBT não com o olhar culturalmente machista, mas como olhar qualquer ser humano, e tendo Diala neste segmento só vem para somar com o PSB-Ilhéus, salientou o Presidente Municipal do PSB-Ilhéus Diogo Messias. 

A Secretária de Saúde Elizângela Oliveira representou o Prefeito Mário Alexandre (PSD), e observou a importância da discussão de gênero, especialmente na luta contra os DST/AIDS, e se colocou a disposição nessa luta incessante.

A Representante da Deputada Estadual Fabiola Mansur a Assessora Parlamentar Anne, comentou que devemos discutir os problemas das pessoas que sofrem preconceito, e que somos todos nas nossas diferenças iguais, finalizou. 

O Representante do Deputado Federal Bebeto Galvão, seu filho Mauricio Galvão, destacou que o movimento LGBT no PSB tinha se desestruturado, mas agora com essa representação, percebemos que temos uma pessoa que conhece e tem a capacidade de nos honrar na hora que formos debater esse assunto, finalizou.  Continue lendo

Posse do segmento municipal LGBT do PSB-Ilhéus tem local alterado

A ativista social e membro do Conselho Municipal de Saúde vai assumir neste sábado (09) a pasta do segmento municipal LGBT do PSB Ilhéus.

O segmento LGBT tem como finalidade discutir pautas relacionadas às políticas voltadas ao segmento, apresentação de relatórios sobre o desempenho de ações, bem como discutir o enfrentamento de DST/Aids que atinge uma parte da população LGBT.

Segundo Diala Magalhães, “é um novo desafio e o momento político e econômico é desafiador, agora é trabalhar para buscar os caminhos para garantir o encaminhamento das demandas do segmento. A luta é para buscar e garantir direitos e parceira nessa luta”, salientou.

A posse será no sindicato dos estivadores na Av. 02 de julho neste sábado (09) às 08h:30min, e contará com a presença de convidados da câmara de vereadores, secretaria de saúde, secretaria de assistência social, o prefeito Mário, Secretaria de turismo, secretaria de juventude do PSB, PSB mulher, bem como Deputado Federal Bebeto e a Deputada Estadual Fabíola Monsour.

Diala Magalhães assume segmento municipal LGBT do PSB-Ilhéus

Diala Magalhães à direita

A ativista social e membro do Conselho Municipal de Saúde vai assumir neste sábado (09) a pasta do segmento municipal LGBT do PSB Ilhéus.

O segmento LGBT tem como finalidade discutir pautas relacionadas às políticas voltadas ao segmento, apresentação de relatórios sobre o desempenho de ações, bem como discutir o enfrentamento de DST/Aids que atinge uma parte da população LGBT.

Segundo Diala Magalhães, “é um novo desafio e o momento político e econômico é desafiador, agora é trabalhar para buscar os caminhos para garantir o encaminhamento das demandas do segmento. A luta é para buscar e garantir direitos e parceira nessa luta”, salientou. Continue lendo

Gabriela Maja lançará na Parada LGBT de Ilhéus o single “Arde” do seu primeiro EP.

No dia 24 de setembro, teremos também na programação, uma participação super especial da cantora e compositora Gabriela Maja. Ela que vem trazendo novidades como o seu primeiro disco autoral, e vai nos apresentar em primeiríssima mão um dos singles do seu EP, que será lançado nas plataformas e lojas digitais em 29 de setembro. Na parada LGBT de Ilhéus e acompanhada pelo DJ Neto Nogueira, o single “ARDE” será apresentado com muita alegria e pretende despertar o desejo de conhecer um pouco mais sobre suas composições, e sobre o EP completo, com distribuição física programada para 10 de novembro.

Gabriela Maja pretende apresentar uma diversidade musical em um evento que também discursa sobre “diversidade”. Suas letras abordam temas como amor, relações e sublima a força da mulher pela liberdade dos seus desejos e sentimentos, bem como o direito de dizê-lo e fazê-lo. Continue lendo

Bebeto Galvão apóia as ações do Grupo Lesbos, grupo organizador da Parada Gay

 

O Deputado Federal Bebeto Galvão (PSB) anunciou o apoio as ações do grupo Lesbos, grupo organizador da Parada Gay de Ilhéus e do movimento LGBT (Lésbicas, Gays, Bissexuais, Transgêneros, Transexuais e Travestis).

Segundo o Deputado, a existência do grupo na cidade de Ilhéus tem como finalidade defender as minorias, bem como promover ações de conscientização e prevenção para a população LGBT. Ainda salientou que a história mostra que a existência dessa entidade, tem como finalidade fortalecer o movimento e combater os inúmeros casos de homofobia que existe na região.

Diala Magalhães agradece o apoio que o Deputado vem dando ao Grupo, e falou da importância do grupo em um país que ainda registra recordes de agressões contra pessoas LGBT, ou seja, ainda há no país pessoas que matam outras, apenas por ter uma opção sexual diferente, finalizou.

 

Prefeito de Ilhéus garante apoio a 13ª Parada Gay

Está prevista para o dia 24 de setembro, último domingo do mês, a 13ª Parada da Diversidade Gay de Ilhéus. LGBT, gays, lésbicas e transgêneros se reunirão para dançar, se divertir, mostrar sua solidariedade, provocar consciência de grupo e cobrar respeito aos direitos frente aos ataques no país que mais mata transgêneros no mundo. O tema deste ano é “Homofobia, NÃO! Lutando pelos nossos direitos e pela nossa vida!”. Dois trios elétricos desfilarão em trajeto que começará na Avenida Soares Lopes, na altura do Edifício Santa Clara. Segundo os organizadores, o evento pretende reunir cerca de 10 mil pessoas no circuito, que devem sair de outras cidades e estados, para participar do evento e movimentar a economia da cidade.

Para o prefeito de Ilhéus, Mário Alexandre, um evento como este tem uma importância significativa porque “essas pessoas precisam ser ouvidas e o que nós pudermos fazer para unir os movimentos de representação, nós faremos, afinal, esta é uma oportunidade de unir diálogo, consciência, prevenção, renda e fortalecimento do Turismo”, assegurou o prefeito.

A Presidente da ONG LESBOS e uma das organizadoras do evento, Diala Magalhães, disse que o evento é uma forma de dar voz as minorias, combater a homofobia e lesbofobia, além de prevenir contra as doenças sexualmente transmissíveis. “Também cobrar respostas acerca das mortes do policial militar e líder homossexual, Tyrone Thomaz, morto há quatro meses e, Ana Adami, morta há dois anos, ambas sem respostas até hoje. Será uma festa linda”, garantiu.

Ainda durante a Parada, a secretaria municipal de Saúde (Sesau) estará realizando a campanha de Saúde em Prevenção das DST/HIV/AIDS, com postos de entrega de preservativos, além dos protestos de Direitos Humanos Contra a Discriminação aos Homossexuais e Homofobia. Entre os destaques que animarão a festa, estão confirmadas as presenças de Gogo Girls, Beto Villaça, Carolzinha Figueira, Dj Dan Victor, Aysha Pink e muito mais. Continue lendo

“VAI TER PARADA GAY EM ILHÉUS, SIM”, AFIRMA ORGANIZADORES

Hoje (23), os organizadores da 13ª Parada Gay de Ilhéus em entrevista ao Radialista da Conquista FM – Vila Nova, informou que vai ter parada gay sim aqui em Ilhéus. 

Segundo os organizadores (Diala Magalhães e Léo Novais), o boato foi criado por uma outra instituição que antigamente organizava em parceria com o grupo Lesbos a Parada Gay, todavia, essa Ong chamada de Grupo Eros, hoje não tem condições de arcar com as despesas de um desfile na Parada, e iniciou a disseminar nas redes sociais que não teria a Parada Gay, sendo que era pra falar que não iria participar da parada gay. 

Assim, os organizadores confirmaram o evento para o dia 24 de setembro na Av. Soares Lopes a partir das 13 horas, com Trio Elétrico, DJ Dan Victor, Aysha Pink, Beto Villaça, e ainda a Madrinha da Parada Carolzinha Figueira. Ainda salientou que terá stand de teste rápido para HIV/AIDS, e distribuição gratuita de preservativos, bem como apoio do Setor de DST/AIDS, Polícia Militar, Guarda Municipal e SUTRANS.

A Parada da Diversidade terá campanha de Saúde em Prevenção das DST/HIV/AIDS, protestos de Direitos Humanos Contra a Discriminação aos Homossexuais e Homofobia.

Ouça a entrevista:  Continue lendo

NOTA PÚBLICA DA ORGANIZAÇÃO DA PARADA GAY DE ILHÉUS

A comissão de organização da 13ª Parada Gay, vem a público repudiar as recentes notícias divulgadas por ex-integrantes de grupos Gay de Ilhéus, que estão espalhando que não vai haver a Parada Gay.

Primeiramente, o Supremo Tribunal Federal, guardião da Constituição, é firme desde sempre na determinação do dever do respeito aos grupos minoritários. 

Essa “fofoca” apresenta conteúdo desrespeitoso, permeado de inverdades, preconceituoso, e desqualifica o movimento LGBT, assim como, por extensão, todos os movimentos de populações oprimidas socialmente, ao afirmar a impossibilidade da existência da ”13ª Parada Gay”. A afirmação ignora anos de lutas históricas e conquistas de inúmeros ativistas pró-direitos humanos desta população, e demonstra o desconhecimento do autor “da fofoca” sobre o tema, que apresenta um discurso de estigmatização e de caráter condenatório. O movimento LGBT é plural e diverso, sim, mas possui uma unidade de luta comum: a luta por direitos e justiça social.

Para conhecimento, a Parada Gay não é uma luta por “mais e mais direitos”, pelo contrário, a luta é pela igualdade em direitos como assegura a Constituição Brasileira. Há, certamente, avanços, mas eles foram adquiridos no âmbito do Poder Executivo (por exemplo, a criação de Conselhos e do Plano de Saúde Integral para a população LGBT) e no âmbito do Poder Judiciário (por exemplo, a decisão do STF que reconhece e dá à união estável homoafetiva a mesma dignidade constitucional da união estável heteroafetiva; e as reiteradas decisões reconhecendo a mudança de prenome de transexuais pelo STJ, bem como suas expansão pelos estados e municípios brasileiro). Continue lendo

Exclusivo: Em vídeo, a transformista Beto Villaça fala sobre a Parada Gay de Ilhéus

Em vídeo, a transformista Beto Villaça, revela a programação completa da 13 Parada Gay de Ilhéus que será realizada dia 24 de setembro.

Uma novidade que os organizadores Léo Novais e Diala Magalhães estão preparando esse ano é um evento pré-parada, aguardem mais informações. Continue lendo

Web Link
Weblink Hospedagem de Sites
Técnico em informática
Técnico em informática