SEI divulga cesta básica de Vitória da conquista, Itabuna, Ilhéus e Salvador

A Superintendência de Estudos Econômicos e Sociais da Bahia (SEI) divulgou a cesta básica de Vitória da Conquista, Itabuna, Ilhéus e Salvador. O trinômio arroz, feijão e carne foi responsável por 34,99% do valor de uma cesta básica e o quarteto café, leite, pão e manteiga, por 36,90%. Os três produtos com maior participação no valor da cesta básica foram carne bovina (23,79%), pão francês (18,95%) e tomate (9,57%) e os itens com menor participação em valores monetários foram o açúcar (2,61%), o café moído (2,20%) e o óleo (1,31%).

Ainda de acordo com as informações analisadas pela SEI, em outubro, o tempo de trabalho despendido para se obter uma cesta básica em Salvador foi de 74 horas e 41 minutos, ou seja, um comprometimento de 33,95% do salário mínimo líquido de R$ 862,04, descontando-se 8% de contribuição previdenciária do salário bruto de R$ 937,00 para adquirir os 12 produtos da cesta.

A ração essencial mínima foi definida pelo Decreto-lei 399, de 30 de abril de 1938, que estabeleceu os produtos alimentares (feijão, arroz, farinha de mandioca, pão, carne, leite, açúcar, banana, óleo, manteiga, tomate e café) e suas respectivas quantidades. As informações foram analisadas em parceria com a Universidade Estadual de Santa Cruz (UESC) e a Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (UESB).

Em Vitória da Conquista

Já em Vitória da Conquista, a ração essencial mínima passou a custar R$ 295,12, em outubro de 2017, representando uma retração de -0,90% quando comparado com o mês de setembro de 2017. Dos 12 produtos que compõem a ração essencial mínima, três registraram variações positivas: pão francês (1,98%), café moído (1,60%) e açúcar cristal (0,13%). Por sua vez, nove produtos registraram variação negativa: tomate (-2,80%), leite pasteurizado (-2,27%), carne bovina (-2,18%), farinha de mandioca (-2,03%), feijão (-1,46%), manteiga (-1,10%), arroz (-0,75%), óleo (-0,40%), banana da prata (-0,30%). O tempo de trabalho despendido para obter uma cesta básica no município, por um trabalhador que recebe um salário mínimo por mês, foi de 75 horas e 19 minutos, ou seja, um comprometimento de 34,24% da sua renda mensal.

Em Ilhéus

A ração essencial mínima passou a custar R$ 319,36 no mês de outubro na cidade de Ilhéus, registrando um aumento de 3,46% quando comparado com o mês de setembro de 2017. Dos 12 produtos que compõem a cesta básica, três aumentaram de preço: tomate (36,61%), açúcar cristal (5,49%) e carne bovina (chã de dentro) (2,74%). Em contrapartida, oito apresentaram redução no preço: óleo de soja (-5,26%), manteiga (-4,42%), arroz (-3,56%), farinha de mandioca (-3,51%), banana prata (-2,10%), café moído (-1,94%), feijão rajado (-1,27%) e leite pasteurizado (0,60%). O preço do pão francês não teve alterações. O tempo de trabalho despendido para obter uma cesta básica, em Ilhéus, por um trabalhador que recebe um salário mínimo por mês, foi de 81 horas e 30 minutos, ou seja, um comprometimento de 37,05% da sua renda mensal.

Em Itabuna

A ração essencial mínima passou a custar R$ 301,98 no mês de outubro em Itabuna, representando uma retração de -2,28% quando comparado com o mês de setembro de 2017. Dos 12 produtos que compõem a cesta básica, nove apresentaram redução no preço: banana do tipo prata (-22,97%), feijão (-9,20%), farinha de mandioca (-6,06%), arroz (-5,49%), óleo de soja (-4,40%), manteiga (-4,08%), pão francês (-3,98%), açúcar (-2,98%) e café (-2,79%). Em contrapartida, os preços dos seguintes itens apresentaram aumento: tomate (18,49%), carne bovina (chã de dentro) (3,01%) e leite pasteurizado (0,30%). O tempo de trabalho despendido para obter uma cesta básica em Itabuna, por um trabalhador que recebe um salário mínimo por mês, foi de 77 horas e 4 minutos, ou seja, um comprometimento de 35,03% da sua renda mensal.

Em Salvador

De acordo com os dados analisados pelo SEI, em Salvador a ração essencial mínima passou a custar R$ 292,68, representando uma retração de -0,88%, quando comparada com o mês de setembro de 2017. Dos doze produtos da cesta básica, oito registraram queda nos preços: tomate (-9,79%), leite pasteurizado (-3,73%), feijão rajado (-2,51%), arroz (-2,13), açúcar cristal (-0,78%), pão francês (-0,70%), carne bovina (-0,43%) e manteiga (-0,42). Já quatro produtos apresentaram elevação nos preços: banana prata (8,76%), farinha de mandioca (3,98%), óleo (2,41%) e café moído (0,78%).

Informações do Jornal A Tarde

Franklin Deluzio
Follow me

Franklin Deluzio

Autor em ilheus.net
Franklin Deluzio é graduado em Filosofia pela Universidade Estadual de Santa Cruz, Especializando em Educação, Especializando em Gestão Pública Municipal (UESC) e Servidor Municipal de Ilhéus/BA.
Franklin Deluzio
Follow me

Atenção! Os comentários do blog são via Facebook ou Google Plus, se quiser comentar, esteja logado! Lembre-se que o comentário é de inteira responsabilidade do autor do mesmo.

Loading Facebook Comments ...
Teste sua internet
Técnico em informática
Técnico em informática em Ilhéus

Técnico em informática em Ilhéus

Ultra Li

Agência Digital com experiência 100% focada no online, atuando com o desenvolvimento de sites e soluções completas para a internet.

Solicite seu orçamento Aqui