“Greve geral” fracassou na região

A chamada “greve geral” foi um grande fracasso em todo o país. Em Itabuna, empregados do comércio, bancos e transporte rejeitaram a paralisação e tudo funcionou normalmente.

Sem conseguir mobilizar ninguém, os sindicados usaram a tática de bloquear pontes e ruas para atrapalhar quem ia para o trabalho. Em Itabuna, fecharam a ponte da Mangabinha.

Como a ponte Miguel Calmon (Marabá) já estava fechada para o São Pedro, todo o trânsito entre o centro e os bairros foi canalizado para a Ponte Calixto, criando enormes congestionamentos.

A sabotagem no trânsito foi feita por um pequeno grupo ligado às centrais CTB e CUT. Na maioria das cidades não houve nenhum protesto e, nas que tiveram, o efeito foi pequeno.

Os transportes funcionaram e não houve colapso nas maiores cidades do País, apesar da tentativa “greve geral” promovida por sindicalistas em protesto contra as reformas trabalhista e previdenciária.

Só em Brasília e Belém os transportes foram afetados seriamente. Apesar dos motivos alegados para os protestos, na verdade os sindicalistas ligados à CUT e ao PT estão inconformados com o fim da obrigatoriedade do imposto sindical.

Ele rende R$ 3,5 bilhões anualmente para os sindicatos e é cobrado de todos os trabalhadores.

Informações do Jornal A Região

Franklin Deluzio
Follow me

Franklin Deluzio

Autor em ilheus.net
Franklin Deluzio é graduado em Filosofia pela Universidade Estadual de Santa Cruz, Especializando em Educação, Especializando em Gestão Pública Municipal (UESC) e Servidor Municipal de Ilhéus/BA.
Franklin Deluzio
Follow me

Veja mais

Atenção! Os comentários do blog são via Facebook ou Google Plus, se quiser comentar, esteja logado! Lembre-se que o comentário é de inteira responsabilidade do autor do mesmo.

Loading Facebook Comments ...
Técnico em informática
Técnico em informática
Publicidade
Ultra Li

Agência Digital com experiência 100% focada no online, atuando com o desenvolvimento de sites e soluções completas para a internet.

Solicite seu orçamento Aqui